sábado, 1 de abril de 2017

Falando com Cathia D. Gaya

Cathia D. Gaya









Imagem da internet.










Tive o prazer de conhecer pessoalmente a Cathia, no dia em que fui conhecer os bastidores da Rede Brasil, em especial no Programa "A Tarde é Show", da Nani Venâncio. Como telespectador assíduo do programa já era admirador do trabalho dela. Depois de alguns contatos nas redes sociais combinamos essa incrível entrevista para o Blog.
 
 
 
 
 
Arquivo pessoal.
 
 
 
 
 
Ricardo Netto - Fale sobre você.
Cathia D. Gaya – Sou uma pessoa de bem com a vida. Vivo a espiritualidade e tudo o que a envolve de forma positiva e direcionada ao bem e ao próximo. Busco a harmonia nas pequenas ações e vivo em paz e na simplicidade. Direciono o autoconhecimento para ajudar o próximo e melhorar minha vida. Já mudei meus pontos de vistas sempre que acessei novos conhecimentos e formas diferenciadas de analisar uma questão. Gosto de mudar, e as transformações são bem vindas. Acredito na vida, no amor  e na gratidão.
 
Ricardo Netto - Quando você percebeu que possuía essa conexão com o mundo espiritual?
Cathia D. Gaya – Desde a minha infância, aos sete anos incompletos quando passei por uma experiência que fez minha família buscar uma espiritualidade para uma orientação e cura espiritual de uma doença que se manifestou nessa minha idade. Daí me envolvi energeticamente e ao longo do tempo busquei me educar dentro dos assuntos espirituais. Minha mediunidade aflorou muito precocemente e busquei estudar para entender a sua prática de forma equilibrada e ética.
 
Ricardo Netto - Dons espirituais são reservados para pessoas escolhidas?
Cathia D. Gaya – De forma alguma, dons todos nós temos e cabe a cada um buscar se autoconhecer para desenvolvê-los em prol e melhoria de sua própria vida e assim evoluir e também a do próximo. Ninguém é especial, somos seres em evolução. Quem pensa que é especial por ser dotado de dons é um equivocado e movido por ego.
 
Ricardo Netto - Qual o seguimento espiritual que mais se adéqua à sua energia pessoal?
Cathia D. Gaya – Sou universalista com práticas espiritualistas.
 
Ricardo Netto - Que tipo de conexão com o universo existe quando você faz uma leitura de tarô?
Cathia D. Gaya – Todo Oráculo é sagrado e tem sua egregora de sustenção no Universo e no plano astral superior. Cada qual em seu momento se manifesta quando trabalho com eles no dia-a-dia nas orientações.
 
 
Imagem da internet.
 
 
Ricardo Netto - Quando você está atendendo alguém, a energia da pessoa interfere no resultado da leitura?
Cathia D. Gaya – Uma questão bem interessante aqui, pois à partir do momento que trabalho no mapeamento energético do consulente, as energias dele são manifestadas através das conexões apresentadas. Nunca me senti influenciada pelos pensamentos e atitudes, até a própria ansiedade que a maioria apresenta.
 
Ricardo Netto - Já sentiu algum tipo de bloqueio ao atender um cliente?
Cathia D. Gaya – Até o presente momento não. Algumas dificuldades poderão ocorrer quando os mesmos têm atitudes desequilibradas dentro da consulta ou manifestam algum tipo de desacordo quanto a resposta.
Ricardo Netto - Como foi participar do programa “O melhor paranormal do Brasil”, no Domingo Legal do SBT?
Cathia D. Gaya – Os Paranormais, apresentado pelo Celso Portiolli no SBT, foi um presente para mim. Me senti feliz em participar do primeiro reallity brasileiro sobre paranormalidade e poder mostrar meu trabalho. Quando fui convidada para participar do projeto pensei: Essa é a oportunidade para demonstrar que existem profissionais sérios e capacitados na área metafísica e mística. Paranormalidade não é religião. Pudemos sim desmistificar muitas coisas ao longo do programa. Foi um divisor de águas para todos os bons profissionais.

 
 
 
 
Imagem da internet.

 
 
 
Ricardo Netto - Quais foram as reias e maiores dificuldades que você enfrentou no programa?
Cathia D. Gaya – As dificuldades foram em todas as provas, pois não é habitual em nossos consultórios e consultas, testes, provas e outras situações que vivenciamos no reallity. Então, descobri muitos potenciais e dons que não havia desenvolvido.
 
Ricardo Netto - Você apresenta um quadro no Programa “A Tarde é Show”, da apresentadora Nani Venâncio. Como é ler cartas e responder perguntas de pessoas que não estão fisicamente presentes?
Cathia D. Gaya – Eu participo desse quadro holístico há nove anos no programa: “A tarde é show”, com a querida Nani Venâncio e não encontro nenhuma dificuldade, pois energias são captadas de diversas formas e para estar lá me preparo e estou sempre receptiva para as necessidades do telespectador e internautas. É muito bom orientar pessoas e levar assim uma palavra de conforto e verdade. Sou muito grata.
 
Imagem da internet.
 
 
 
Ricardo Netto - Na sua opinião, o que é Karma?
Cathia D. Gaya – Eu acredito na lei de causa e efeito. O Karma vem de algumas religiões que falam de reflexos de sofrimentos e adversidades. Não apregoo isso e não vivencio nada parecido. Essa palavra é muito colocada pelos consulentes quando as coisas não vão bem em suas vidas. Mas precisamos entender que temos responsabilidades por tudo que fazemos, sentimos e pensamos. Daí, nem tudo é Karma ou espírito.
 
Ricardo Netto - O signo de Cathia é?
Cathia D. Gaya – Aquário.
 
Ricardo Netto - Um elemento da natureza que movimenta sua vida?
Cathia D. Gaya – Elemento Terra, amo a natureza e todos os seres vivos.
 
Ricardo Netto - Motivação é?
Cathia D. Gaya – Ação e movimento pró-ativo. O que me motiva é o trabalho.
 
Ricardo Netto - O universo é?
Cathia D. Gaya – Mágico e Infinito.
 
Ricardo Netto - Uma pessoa ou personalidade.
Cathia D. Gaya – Meu pai, meu exemplo de simplicidade e honestidade. Gosto do que é real e verdadeiro.
 
Ricardo Netto - Uma frase.
Cathia D. Gaya – “A mente infinita é minha fonte real”. “Eu sou ilimitada porque Deus é ilimitado”.
Imagem da internet.
 
 
 
 
Redes Sociais e Sites da entrevistada:
 
 
 
http://www.youtube.com/soldegaya




Instagram: @cathiadgaya


Facebook: @cathiadgaya (página)
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Trecho do livro: Os senhores das Sombras - O legado de Lilith.

Capítulo Um   Enzo   Ouvia vozes distantes e desconhecidas, sua consciência não permitia entender o que acontecia à sua volta....